Recentes    De Olho no Óleo – Panorama Semanal do setor de Petróleo e Gás Natural

Notícias - 10 / 07 / 2021

De Olho no Óleo – Panorama Semanal do setor de Petróleo e Gás Natural

Panorama Semanal do setor de Petróleo e Gás natural (4 a 10/julho/2021)

(Por: Leo Bittencourt)

– EUA estão perdendo competição do gás natural na Europa para a Rússia:

Os EUA estão mantendo a Europa como refém e perdendo a competição do gás natural no continente europeu para a Rússia, enquanto a gigante russa Gazprom gera preços altos no mercado. Pelo terceiro mês consecutivo, a gigante do gás russa Gazprom se recusa a usar capacidade adicional para aumentar o fornecimento de gás natural para a Europa, embora esta precise desesperadamente de repor suas reservas bastante esgotadas.

Em julho, o fornecimento de gás de gasoduto russo para a Europa será reduzido ainda mais devido à suspensão dos gasodutos Yamal (6 a 10 de julho) e Nord Stream-1 (13 a 22 de julho) para obras anuais de manutenção. Enquanto isso, as obras de manutenção do gasoduto Turkish Stream, que transporta o gás natural russo para a Turquia e sudeste da Europa (as obras estavam programadas para 12 a 27 de julho), foram adiadas para o novo ano de gás de 2021/22.

Os EUA, começando com a administração Donald Trump, têm tentado promover seu GNL na Europa de todas as maneiras possíveis. Para isso, os Estados Unidos lançaram uma campanha contra a conclusão da construção do gasoduto russo “Nord Stream 2”.

O aumento dos preços spot do gás natural na Europa (em mais de 65% este ano) também é impulsionado por: competição feroz entre os europeus pelo GNL comercialmente disponível, uma vez que as instalações de armazenamento de gás natural na Europa estão atualmente quase 25% abaixo dos níveis normais para esta época do ano; Demanda em constante crescimento por GNL na Ásia, onde os preços são mais altos – $ 465 por 1.000 metros cúbicos; Paralisação para manutenção de campos de gás noruegueses e redução das previsões de produção de eletricidade “verde”. (Fonte: Jornal Pravda.Ru) (Eu escrevi sobre a indústria de petróleo da Rússia no livro Ouro Negro)

– ANP prevê R$6,4 bi para exploração em 2021:

O setor de petróleo no Brasil deverá receber 6,4 bilhões de reais em investimentos em exploração de petróleo e gás em 2021, incluindo a perfuração de 38 poços, mais do que o dobro do realizado em 2020, apontou nesta segunda-feira a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), em um relatório.

As atividades de perfuração representam o principal termômetro de investimentos na fase de exploração, sendo que somam mais de 80% do investimento total previsto para o ano, com 5,2 bilhões de reais, apontou a autarquia. Dos 38 poços previstos, 18 deverão ser realizados no mar, enquanto 20 em terra, ante um total de 16 perfurações registradas no ano passado. Os aportes previstos para o ano também incluem atividades como levantamentos geofísicos e atividades acessórias. (Fonte: Reuters)

– TBG, NTS e TAG firmam parceria para compartilhar marketplace no mercado de gás:

As companhias de transporte de gás natural TBG, NTS e TAG, partes da recente onda de desinvestimentos da Petrobras, anunciaram nesta quinta-feira uma parceria para compartilhamento do marketplace “Portal de Oferta de Capacidade” (POC), que possuirá gestão rotativa com o comando de uma das empresas a cada cinco anos.

O acordo entre Transportadora Brasileira Gasoduto Bolívia-Brasil, Nova Transportadora do Sudeste e Transportadora Associada de Gás prevê coparticipação administrativa, de desenvolvimento, manutenção e operação da plataforma digital, que também poderá ser acessada por outros agentes da cadeia. Segundo nota divulgada pela Associação de Empresas de Transporte de Gás Natural por Gasoduto (ATGás), o POC trata-se de uma solução alinhada com a Nova Lei do Gás, que faz parte de esforços do governo federal para a abertura do mercado de gás natural do Brasil.

A TBG será a primeira gestora do POC, cuja plataforma será adaptada e deve ser lançada ainda no segundo semestre deste ano. “O marketplace… é uma ferramenta muito importante, que estabelece um cenário favorável à livre negociação“, disse em comunicado o diretor-presidente da TBG, Erick Portela. “Nesse ambiente digital, os vários agentes de mercado podem estabelecer parcerias, a exemplo do que está sendo feito pelas transportadoras, visando novos tipos de negócio por meio da inovação“, acrescentou ele. (Fonte: Reuters)

– Estoques de Petróleo nos EUA:

Na última quinta-feira (8/julho) foram divulgados os números dos estoques semanais de petróleo bruto dos EUA pela agência “Energy Information Administration (EIA)”. Os estoques de petróleo caíram pela sétima semana consecutiva com uma queda 6,87 milhões de barris na semana passada, em comparação com as expectativas dos analistas de uma queda de 4 milhões de barris.

Os estoques vêm caindo incessantemente a cada semana desde 17 de maio, totalizando 40,5 milhões de barris, ou uma média de 5,8 milhões de barris por semana. O grande consumo vem ao mesmo tempo em que as refinarias dos EUA se concentram em produzir o máximo de gasolina que conseguirem neste verão, para atender à demanda projetada. De acordo com a EIA, os refinadores operaram semana passada a 92,2% da capacidade, próximo aos níveis observados no verão de 2019, bem antes do início da pandemia.

Os estoques de gasolina em si caíram 6,1 milhões de barris na semana passada, contra as previsões de um consumo de 1,8 milhão de barris, demonstrando uma atividade de refino cada vez mais intensa.  (Fonte: Investing.com)

– Número de sondas americanas em atividades:

Ontem foi divulgado, pela empresa de serviços de energia Baker Hughes, a contagem do número de sondas de perfuração em atividade nos EUA. A contagem desta semana registrou um aumento de 2 sondas em relação semana passada, registrando um total de 378 sondas de perfuração em atividade. Na semana retrasada esta contagem tinha registrado um aumento de 4 sondas totalizando 376 sondas. Esses dados indicam um sinal de retomada da produção americana de Shale-Oil, no entanto, ainda está bem longe de recuperar os números de antes da pandemia, quando registrava em março a faixa de 680 sondas em atividades. Vamos ficar de olho! (Fonte: EUA – Contagem de Sondas Baker Hughes – Investing.com)

– Panorama Semanal do preço do Barril do Petróleo:

Os preços do petróleo avançaram pelo segundo dia consecutivo nesta sexta-feira, com o mercado reagindo à redução nos estoques dos Estados Unidos, enquanto sinais de forte demanda de China e Índia também deram suporte à commodity.

O mercado está reagindo à queda histórica nos estoques de petróleo dos EUA, além de perspectivas mais fracas de um retorno do petróleo iraniano ao mercado“, disse Phil Flynn, analista sênior do Price Futures Group em Chicago.

Ainda assim, os preços da commodity terminaram a semana com poucas alterações, apesar de flutuações diárias significativas. No início da semana, os preços foram pressionados pelo colapso das negociações de produção entre a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e aliados, incluindo a Rússia, que formam o grupo conhecido como Opep+. Mas no fim da semana, os preços subiram com os dados da redução dos estoques de petróleo e gasolina dos EUA, enquanto a demanda pelo combustível atingiu o maior patamar desde 2019, segundo dados publicados pela AIE na quinta-feira, que sinalizaram um aumento na força da economia americana.

Os contratos futuros do Brent para o mês de setembro/2021, terminaram o dia com uma alta de 1,98%, encerrando o dia negociados a US$ 75,59 o barril na Intercontinental Exchange (ICE), em Londres. preços do WTI para o mês de agosto/2021 apresentaram uma alta de 2,32%, sendo negociado a US$ 74,63 o barril na Bolsa de Mercadorias de Nova York (Nymex). No acumulado semanal, a referência global Brent apresentou uma queda de -0,76% e a referência americana WTI queda de -0,68%. (Fonte: Reuters / Investing.com)

Até a próxima semana!

Abraços

Leo Bittencourt

(Especialista no Setor de Petróleo e Gás)

DESCUBRA O PODER EXPLOSIVO DAS SMALL CAPS! CONHEÇA A NOSSA NOVA CARTEIRA:

SMALL CAPS: A LISTA DAS AÇÕES MAIS EXPLOSIVAS DA BOLSA DE VALORES

Venha descobrir as ações que poderão se valorizar muito em pouco tempo!

Link Dica Small Caps

O Dica de Hoje também lançou uma Área Internacional. Ela reúne boas estratégias em investimento que aplicam parte do patrimônio no exterior. Contam com profissionais qualificados e equipe competente. Uma opção mais viável para quem quer diversificar e investir lá fora.

Link Dica Internacional

Descubra a estratégia que permite aos grandes investidores lucros até mesmo durante a pior das crises. Conheça os detalhes da metodologia Anti-crise, provada e comprovada do DIVIDENDOS 3X, que pode multiplicar os rendimentos das ações (Mesmo em um ano de fracos Dividendos!).

Link Estratégia Xeque-Mate

Você conhece os nossos planos de assinaturas?

Plano “Ações – Dica de Hoje

Plano Combo Ações + FIIS – Dica de Hoje

Você já adquiriu o nosso livro OURO NEGRO??

 

Clique aqui e tenha em mãos a incrível história do Petróleo da sua origem até os dias de hoje (incluindo notícias até dezembro de 2019)! São 160 anos de história com muitas curiosidades, fotos, e foi escrito de forma bem simples e descontraída!

 

 

 

Leia outros artigos

×